Thursday, October 11, 2007

Minhas ferias -- an essay

Sabe quando a gente eh crianca e, na volta das ferias, a professora pede para escrever uma redacao sobre tudo aquilo de diferente que vimos nos dias longe da escola? Pois eh, esse post tem esse gostinho…

A sensacao no dia antes de partir para o Brasil era maravilhosa. Existe coisa melhor do que pensar que temos 15 dias livres ao lado das pessoas que mais amamos pela frente? Brinquei com o Grenfel a caminho do aeroporto dizendo que esse exato momento eh o mais esperado do ano.

Nosso primeiro dia de Brasil foi corrido. Chegamos em Vitoria poucas horas antes do casamento da Larinha e do Didigo. Curtimos a festa demais ate altas horas. Foi lindo ver pessoas tao queridas realizarem um sonho. No dia seguinte acordamos e rumamos para o Rio. Era casamento do meu primo Pedro e aproveitamos para curtir a familia que nao viamos havia algum tempo. Tios, primos, avos, periquito e papagaio. Leticia, a filha do meu primo PC, que eu adorava mimar quando era bebezinha, estah mais alta do que eu! Outra festanca que foi animada e durou ate de madrugada! Depois curtimos o fim-de-semana maravilhoso na minha terrinha querida.

Na segunda-feira rumamos de volta para Vitoria. La ficamos perto dos amigos, saimos para tomar chopp, comemos picanha, frutos-do-mar maravilhosos, tudo que tinhamos direito. Ate de noivado especialissimo participamos. Meu irmao Vini se casa no ano que vem! Muitas coisas boas por vir.

Na quarta-feira fomos para Brasilia visitar meu irmao Duda e renovar nossos vistos. Meus pais e minha prima Mari foram nos encontrar no fim-de-semana. Foi uma delicia. Amor e bagunca nao faltaram. Na volta para Vitoria ainda encontrei com minha amiga-do-peito-Regina no aviao e o papo rendeu a beca.

A ultima semana de Brasil foi um pouco mais tranquila. Nao viajamos para lugar nenhum. Curtimos os amigos que nao viamos ha tanto tempo, conhecemos os bebes que nasceram e ainda nao tinhamos visitado, mimamos afilhados e badalamos um pouquinho.
Rapidinho sabado chegou e ja era o dia do casamento da Bianca e do Rogerio. A festa foi super-animada com direito a uma das minhas bandas capixabas favoritas. Dancamos, pulamos, cantamos. Cheguei a acordar rouca no dia seguinte. E ai, ja era hora de pegar o aviao e voltar para a rotina. Ferias que sao boas duram pouco.

2 comments:

robertinha said...

e como...
duram muito pouco
saco ne?
mas ainda bem que vc ta de volta
hehe
beijo

Carol said...

Pena, né?! Nunca o tempo é suficiente pra gente matar as saudades.
Quero mais!
Bjs...
Carol