Monday, February 16, 2009

Das coisas que eu não sabia

- Sempre pensei que um bebê recém-nascido só dormia, mamava e chorava. Ninguém nunca me contou que eles podem ficar hoooooras acordados direto
- Já havia ouvido falar de depressão pós parto inúmeras vezes, mas nunca de baby blues. A tal da tristezinha acaba com a gente... e é mais comum do que se imagina. Aproximadamente 80% das mulheres que têm bebê se sentem deprimidas por até duas semanas após o parto
- Quando se está amamentando deve-se evitar várias comidas (a lista pode ser imensa dependendo da pessoa que você conversa. Já me falaram em: chocolate, cafeína, feijão, ovo, leite de vaca, frutos do mar, brócolis, espinafre...)
- Quando a mulher faz cesariana, ela não pode dirigir e nem fazer exercícios por 40 dias!
- Os soluços são coisas rotineiras na vida de um bebê (e que uma mamadinha pode resolver o problema fácil, fácil)
- Você tem a a maior sede do mundo quando está amamentando (da fome eu já sabia!)
- Baby acne é super normal. A pele do Thomas ficou horrível durante alguns dias, mas rapidinho ficou lisinha de novo
- A unha do bebê cresce bem rápido e tem que ser cortada toda semana

E a cada dia que passa eu descubro uma coisa nova para aumentar essa lista...

3 comments:

rudycazabon said...

HEY Juju!

I read this portion of your blog - and yes - all this is true.

Sorry you had to learn this the hard away about babies not sleeping - and we didn't believe it either ... but yes, they can go hours and hours and hours like that.

Also, really pay attention to the signs of post-partum depression. It is _VERY_ easy to ignore the signals and let family and friends convince you that "it is normal, it is just a bad day" and slowly creep into it.

Take care -
Rudy Cazabon

lele said...

Juju,

Tudo é mesmo muito difícil no começo. Te contei um pouquinho do que passei.
Mas olha, depois a gente vai vendo como eles são fortes e nunca vou me esquecer do que uma pediatra me disse ao ver meu desespero quando Carolina berrava por causa das cólicas: Alessandra, ela nunca vai se lembrar da dor que está sentindo, só do aconchego e o calor do colinho que vc dá a ela. Então minha querida amiga, o amor mais uma vez está acima de tudo. E esse tudo, passa.

Bj grande,muita saudade e vontade de conhecer o Thomas.

Lele, Toninho, Carolina e Cecília

Cristiana said...

Juju, mas você está se saindo muito bem. Eu concordo sobre essa melancolia. Não chega a ser depressão, é mais uma pressão sobre não poder errar. É passageiro! Beijos e boa sorte!!