Wednesday, March 17, 2010

Ah, seu motorista, vai catar coquinho!

(Esse post é nojento, aviso logo!)

Hoje fomos almoçar com a família de uma amiga querida que estava visitando NY. Eu e Thomas, todos limpinhos e cheirosinhos, num taxi a caminho de Times Square (why, oh why, os turistas insistem em se hospedar naquela área?). E aí me toquei que era St Patrick's Day e tinha a tal da parada e o trânsito estava uma droga. Depois de 30 minutos no taxi eu comecei a ficar meio enjoada. (Esses motoristas de NYC são péssimos no volante e não há estômago que resista a aquelas freiadas bruscas a cada 20 segundos!) E... o Thomas também! Só que eu sou grandinha e consigo segurar a onda. Ele não. Resultado: vários vômitos no chão do taxi. O motorista estava sendo super bonzinho. "Madame, quer que eu abra as janelas pra ver se ajuda?", "Coitado do bebê, até eu ficaria enjoado nesse trânsito", dizia o camarada. Aí chegamos no destino final, eu me desculpei pela sujeira, paguei (dei uma tip giga) e o homem começou a demonstrar um ódio mortal por nós. Assim, de repente. BI-PO-LAR. Fala sério, não entendi nada. Peguei meu filhote fedido e segui meu rumo. Só aqui mesmo.

7 comments:

Adriana Stock said...

Credo! Era um louco!

Rafaela said...

agora imagina a cena Ju:
uma gravida nos primeiros 3 meses tendo que pegar taxi quase todos dias em Manhattan???
preciso dizer a quantidade de taxi que já deixei "carimbado" ??? fala pro Tomas ficar tranquilo... ele foi 1 eu... umas 20! hahahahaha!!!

Carla Cavellucci Landi said...

Devia ter pedido a tip de volta!! :D
Bjs!

Anonymous said...

Tá igual quando Carolina estava passando muito mal, não tinha nem mais o que botar para fora, tadinha. Levei ela na pediatra (encaixe) e quando cheguei fui logo avisando: Olha, atende ela logo, porque ela tá vomitando desde ontem. E entra um, entra outro, e espera mais um pouco...conclusão: vomitou a recepção toda! Aí ela me atendeu imediatamente. Que coisa né? Ju, devia ter mandado ele catar jaca, isso sim.

Um bj
Lele

Bjs
Lele

Fernanda said...

Hahahah, Ju, sorry tive dar risada! Esses caras sao uns loucos mesmo. Eu acho que tinha que existir um blog sobre historias de taxis, nao acha? Hilario. Uma vez, parada no farol, esse Cara dntra no banco da frente, diz que tah atrasado e ainda fala pra mim: don't worry honey I will share the ride with you. WTF? Soh em NYC.

Renata said...

Puts, sempre passo mal qdo pego taxi em Manhattan - enjoo super facil... além do freia/acelera tem tbem o cheiro, alguns sao de matar! Ainda nao cheguei a passar mal, mas ja cheguei no quase muitas vezes! É sempre uma aventura!
Bjos!

Damaris said...

heheheh...emu eu acabei de chegar de NYC ontem. Fui visitar uma galera do Brasil e familia nessa ultima semana com a minha baby e os taxistas ficaram com odio de mim por que eu tinha um stroller.