Monday, January 07, 2008

Amor para todo o sempre


A cidade era nova, a escola tambem. A terceira em dois anos. Nenhum rosto conhecido. Sotaque estranho, jeito de agir diferente. Eu odiava tudo. Nao aguentava mais chorar e nao achar graca em nada. Sentia falta do calor dos cariocas, do charme da minha cidade natal, da minha avo, da minha familia sempre tao presente, e das minhas amigas que puxavam o "s".

A escola nao era nova so para mim, era nova para todos. Inaugurada em menos de um ano, ela prometia ser uma das melhores da cidade. Meus pais resolveram tentar mais uma vez e la me matricularam em 1991.

Se a escola era tao boa assim, como diziam e dizem ate hoje, nao sei falar. So sei que la conheci uma das melhores pessoas que ja cruzaram o meu caminho. Uma amiga que me acompanha aonde vou, que me faz rir, me faz me sentir amada e especial. E por isso, digo que aquela eh a melhor escola do mundo.

Com minha amiga vivi meu primeiro beijo, meu primeiro porre, meu primeiro termino, todas as minhas tristezas e muitas gargalhadas. Com ela fui mandada para fora de sala, por ela senti ciumes e quase sai nos tapas. Encaramos a morte juntas. Nossas familias viraram amigas. Fui sua madrinha de casamento, sou madrinha de sua filha e ela ja esta sendo parte essencial do meu casamento, participando de todos os detalhes dos preparativos. Atraves dela conheci uma pessoa querida demais. E hoje, nos tres, formamos um trio inseparavel.

Ha dois anos vi o nosso amor se multiplicar quando sua filhinha nasceu. Quando ela estava gravida, eu ja morava longe e sempre que tinha a oportunidade de ve-la, fazia questao de conversar com sua barriga, para que aquele bebezinho soubesse o quanto especial ela ja era em nossa vida. Me doia o coracao pensar que eu seria a tia estranha, que ela so conhecia de nome.

Minha amiga eh especial demais para deixar isso acontecer. Esse ano tive a felicidade de passar Natal com ela e sua familia. E o melhor, na minha casa! Na noite de Natal, ao abrir a porta de casa, vejo a coisinha mais linda do mundo sair do elevador e correr pros meus bracos gritando o meu nome. Presente melhor nao esperava ganhar.

Somos amigas ha 17 anos. A sensacao de olhar pra tras e ver que tenho uma companheira que acompanha cada momento da minha vida tao de perto, mesmo que de longe, eh recompensante. Sinto que alguma coisa certo nessa vida eu fiz. Eh muito bom sentir que, onde quer que eu estiver, nunca vou estar sozinha.

6 comments:

Aninha said...

que coisa linda que acabo de ler enxugando as lágrimas!!! nossa amizade é mesmo muito antiga e muito intensa. e é muito lindo ver sua pequena afilhada falando "chuchu". falo de vc para ela todos os dias, mostro nossas fotos, ela ve sua foto e digita no msn para vc entao vc nao é a tia ausente que sempre teve medo de ser. vc é uma tia super presente que mora longe mas que não perdemos uma oportunidade de ir te visitar. onde quer que vc esteja vc esta aqui dentro dos nossos coraçoes, muito presente, em todos os momentos. bjs!

Anonymous said...

Nossa também fiquei super emocionada ao ler!!! Me arrepiei toda, amo muito vocês duas e com certeza a nossa amizade é muito verdadeira. Graças a Deus ele me colocou também no coração de você e juntas aprendemos a respeitar as diferenças de cada uma das três, as qualidades e os defeitos, por isso que nos amamos tanto.

Joulibeba, você arrazou!!

regina said...

Juju, lindo o seu texto e mais linda ainda eh uma amizade tao verdadeira e longa quanto a de vcs.Nunca deixem nada atrapalhar ou interferir nesse amor.Essas sao as melhores coisas da vida!
um beijao
Regina

Cristiana said...

Que lindo! Parabéns por cultivarem uma amizade assim!

Anonymous said...

JUJU

acabei de ler e me peguei com os olhos cheios de lágrimas, chorando ....
voce e uma pessoa muito especial assim como sua amiga "Aninha".
Hum mil beijinhos da sua amiga Flavinha.

Anonymous said...

como eu imprimo essa coisa linda (ponto interrogação sumiu...)